Como Estudar História? As Dicas Número 7, 10, 13 e a Conclusão São as Minhas Favoritas

Tempo de leitura: 19 minutos

Como estudar História?

Estudar e ensinar História são minhas paixões profissionais. Neste guia eu vou apresentar a você o que eu aprendi nos últimos 22 anos de minha vida.

Você vai prestar o ENEM? Vai realizar provas na escola ou na Faculdade? Está se preparando para a prova de História em Concursos Públicos? Vai estudar sozinho em casa começando do zero?

Seja qual for o seu objetivo aqui você vai encontrar informações preciosas com o poder de potencializar o seu tempo e sua produtividade nos estudos.

Muita coisa aqui não é novidade. A diferença é que tem gente que sabe, vai lá e faz. Há muitos que sabem e não colocam em prática, mesmo sendo inteligentes. Portanto, o mundo pertence àqueles que vão lá e fazem. Fazer faz toda diferença (perdão pela redundância).

As informações contidas aqui servem também para aumentar a produtividade nos estudos em Filosofia, Sociologia e Geografia. Enfim, cobre toda a área de Humanidades.

Além disso, você perceberá que as sugestões contidas neste post de blog irão repercutir nos seus estudos de uma maneira geral, pois aprendizagem tem a ver com conexões, links e não com gavetinhas separadas que nunca se comunicam.

Como Estudar História?

  1. Desenvolva a sua linguagem.

    As disciplinas de Ciências Humanas, assim como todas as outras áreas do conhecimento, são totalmente dependentes do uso da linguagem para o seu desenvolvimento.

    O nosso mundo é mediado pela linguagem. Sem ela tudo fica mais difícil. Para desenvolver a linguagem você precisa ler variados tipos de texto, interpretá-los, identificar as principais ideias e ser capaz de utilizar as informações obtidas em situações de convívio social.

    Não acredite em cursos de leitura dinâmica. Acredite em mim, pois já comprei vários deles na intenção de realizar meus sonhos.

    Depois de alguns anos praticando leitura a única coisa que aprendi é que eles são na verdade uma grande fraude.

    Toda vez que você encontrar alguém apresentando dicas de como ler mais rápido coloque um letreiro imaginário com luzes vermelhas piscando em sua testa com a seguinte mensagem: FRAUDE.

    De nada adianta ler rápido sem compreensão e sem tomar notas, reescrevendo as principais ideias do texto com suas próprias palavras. Para aumentar a sua capacidade de compreensão é preciso construir vocabulário, e isto leva tempo. Toda vez que você encontrar uma palavra desconhecida durante a sua leitura exercite a sua força de vontade.

    Pare a leitura e busque por seu significado em um dicionário. Dependendo da complexidade do assunto você só vai encontrar o que está buscando em dicionários específicos, tais como Dicionário Histórico, Dicionário de Filosofia, Dicionário de Sociologia, Dicionário de Economia, a assim por diante.

    Revise estas novas palavras de tempos em tempos e aos poucos você perceberá que elas serão naturalmente incorporadas ao seu vocabulário. O seu poder de compreensão e de expressão de ideias vai aumentar de forma exponencial.

    Esta é a minha dica número um para quem quer tirar notas máximas em disciplinas de Ciências Humanas. Ela também pode ser utilizada para obter resultados excelentes na
    aprendizagem de línguas estrangeiras. Como Estudar História. Dicionário.

  2. FAÇA LEITURAS DE QUALIDADE

    Não importa o objetivo de sua leitura, o importante é que ela tenha qualidade.

    Algumas pessoas farão a leitura com mais velocidade e outros mais lentamente. Isso é normal, pois o conhecimento prévio, aqueles conhecimentos que a pessoa adquiriu antes de ler o texto auxiliam no processo de compreensão.

    Muitas vezes você terá que consultar um dicionário para compreender palavras, expressões e conceitos fundamentais para a compreensão do texto.

    Muitas vezes também um dicionário comum não vai atender às suas necessidades e você terá que consultar dicionários específicos de História, Filosofia e Sociologia.

    Hoje as bibliotecas de escolas públicas em todo país recebem verbas do governo federal para comprar esses materiais.

    Se você não encontrar dicionários de História, Filosofia e Sociologia em sua escola converse com o responsável pela biblioteca sobre a necessidade e possibilidade de adquirir esses títulos.

    Ler consultando um dicionário torna o estudo mais lento, porém, aumenta intensamente a sua qualidade, pois você está procurando meios para compreender aquilo que leu. É isto que importa. Leitura de qualidade - Como estudar História

  3. APRENDA A FAZER PERGUNTAS

    Haja como se fosse um detetive. Saber perguntar é fundamental. Perguntas servem para extrair informações que vão ajudar você a resolver situações problemáticas.

    Durante o seu processo de leitura aprenda a interrogar o texto. Faça as seguintes perguntas:

    Qual é o tema do texto?

    Qual é a situação problema analisada pelo autor?

    Qual é a ideia defendida pelo autor para resolver a situação problemática apresentada anteriormente?

    Quais argumentos ele utiliza para sustentar seu ponto de vista?

    A que conclusão o autor do texto chegou?

    Por que o autor do texto está citando autores diferentes?

    Adote a mesma postura na escola durante as aulas. Mas preste atenção. A sua pergunta precisa ser bem elaborada, caso contrário você não conseguirá extrair as informações que realmente importam para a sua aprendizagem.

    Lembre-se: perguntas servem para extrair informações.

    A extração de informações de qualidade é diretamente proporcional à qualidade da elaboração da pergunta. Aprenda a fazer perguntas

  4. INTERNALIZE OS CONCEITOS

    Ao estudar História, Filosofia, Sociologia e Geografia você será bombardeado por conceitos o tempo todo.

    Capitalismo, socialismo, fascismo, totalitarismo, feudalismo, golpe de Estado, Política de Bem-Estar Social, Estado Laico são apenas alguns exemplos.

    Conceitos são instrumentos criados pelos especialistas que nos ajudam a compreender o nosso contexto político, econômico, social e cultural.

    Quer ver um exemplo. O nome oficial do nosso país é República Federativa do Brasil. República é um conceito. Federalismo também. Você sabe como defini-los?

    Poucos estudantes conseguem fazer isso, pois não foram instruídos a respeito de sua importância para os estudos.

    E assim acontece com uma infinidade de outros conceitos, tais como democracia, ditadura, geopolítica, território, nazismo, liberalismo e muitos outros.

    O domínio destes conceitos é fundamental para que você seja capaz de produzir bons textos na área de Ciências Humanas.

    Se encontrar um conceito desconhecido corra em busca de um dicionário para solucionar a sua dúvida e aumentar o seu arsenal na área de Ciências Humanas. Pensador internalize os conceitos

  5. PRODUZA SEUS PRÓPRIOS TEXTOS

    Se você fez uma leitura de qualidade, se você fez perguntas relevantes para entender o texto, se você consultou o dicionário para entender os principais conceitos, se você identificou as ideias, argumentos e a conclusão do autor, então você está preparado para construir um bom texto.

    A tarefa é realmente de grande dificuldade. Mas quando ela é dividida em pequenas partes tudo fica muito diferente.

    Comece a fazer tudo isso como se fosse um processo. Não siga em frente até que o básico esteja devidamente dominado.

    Dessa forma, com o tempo, prática, erros e ajustes você perceberá como os seus textos ganharão cada vez mais qualidade e maturidade.

    E, enfim, quando você tiver que enfrentar uma prova aberta nos exames vestibulares mais importantes e concorridos do Brasil perceberá que todo o seu esforço valeu a pena.

    Quem mais tarde quer colher, mais cedo tem que plantar. A formação de um bom produtor de texto leva tempo. Não deixe para desenvolver essa habilidade apenas no terceiro ano do ensino médio, às vésperas da prova de redação do ENEM.

    Comece desde já. Escrever bem produza seus próprios textos

  6. EXPRESSE ORALMENTE AS IDEIAS

    Não fuja dos trabalhos escolares em que você tenha que fazer uma apresentação oral. Quando isso acontecer considere como uma benção divina para que você desenvolva a sua capacidade de expressão oral.

    A escola é um dos melhores lugares para fazer isso. Vejo todos os dias profissionais adultos perdendo importantes oportunidades no mercado de trabalho por não serem capazes de apresentar com clareza suas ideias oralmente.

    Além disso, quem sabe falar sem medo, com clareza e eficiência acaba se destacando do resto do grupo. Explicar a matéria para você mesmo na frente do espelho é uma boa técnica.

    Gravar a sua própria voz explicando o conteúdo é um outro método. Vamos lá, desenvolva a sua própria técnica.

    Nunca fuja de um desafio como este. Você só tem a ganhar ao desenvolver a sua habilidade de se apresentar em público. Falar em público e expressão oral de ideias

  7. DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SÍNTESE

    Sintetizar significa colocar em poucas palavras, em um espaço reduzido, o principal elemento de um texto ou de uma ideia, de forma que possa ser compreendido facilmente pelas outras pessoas.

    É bom exemplo é o Twitter, pois no começo desse microblog você tinha apenas 140 caracteres para transmitir suas mensagens. E fazer isso é muito difícil, exige tempo de elaboração.

    A síntese é a habilidade cognitiva mais refinada que um ser humano pode desenvolver. Nos estágios mais avançados de seus estudos você precisará construir sínteses conectando diversos textos diferentes, identificando os pontos comuns e divergentes entre eles.

    Em outros momentos, além de produzir uma síntese você vai precisar também apresentar a sua opinião a respeito do texto ou dos vários textos lidos. Na prova discursiva do vestibular você terá poucas linhas para escrever com o máximo de qualidade.

    Não se deixe enganar. Escrever um bom texto em poucas linhas é uma tarefa extremamente desafiadora e esta habilidade necessita de muito tempo e prática para ser desenvolvida e aprimorada.Capacidade de Síntese

  8. FAÇA O FICHAMENTO DOS TEXTOS

    Para fins de estudo competitivo leitura sem fichamento é leitura perdida. Fazer um fichamento significa elaborar o resumo de um texto com suas informações fundamentais, excluindo todas as ideias periféricas.

    Se você fizer a leitura de um livro de 100 páginas sem fazer ao menos algumas anotações vai precisar ler tudo de novo quando precisar daquele mesmo livro no futuro.

    Agora, se você leu fazendo várias anotações, identificando as ideias e argumentos do autor, anotando o significado das palavras e conceitos desconhecidos, tudo ficará mais fácil, pois bastará consultar o seu registro de leitura para recuperar as informações mais importantes para o seu estudo.

    O fichamento é uma atividade de compactação do texto, resguardando seus elementos principais. Compactar significa reduzir o tamanho preservando ao máximo a qualidade da informação.

    Em cursos universitários esta é uma competência altamente requisitada por professores de todos de todas as áreas do conhecimento e o aluno que não aprende a desenvolvê-la compromete a sua formação profissional de forma absolutamente crítica. Fichamento de textos

  9. APRENDA A LOCALIZAR-SE NO TEMPO E NO ESPAÇO

    As disciplinas da área de Ciências Humanas recorrem sempre à localização no tempo e no espaço para desenvolver o seu conteúdo.

    Saber que o movimento renascentista e a reforma protestante desenvolveram-se no continente europeu durante a Idade Moderna é uma informação importante. Saber onde fica a Europa também.

    Saber que a Idade Moderna ocorreu entre os séculos XV e XVIII é igualmente importante.

    Eu já vi alunos errando questões básicas por não saberem fazer a leitura dos séculos em algarismos romanos.

    Também já vi muitos alunos que não sabem que o Caribe fica na América Central. Então, consulte sempre for possível um mapa ou um atlas histórico e geográfico.

    A localização no tempo e no espaço é de fundamental importância para os seus estudos. Tempo e Espaço

  10. DESENVOLVA A METAGOGNIÇÃO

    Metacognição significa a capacidade de analisar, identificar e monitorar o seu próprio pensamento, identificando os seus próprios erros e agindo o mais breve possível para corrigir a sua aprendizagem.

    Está é uma competência encontrada no modelo de aprendizagem dos Experts (especialistas em um determinado assunto).

    Por exemplo, você acabou de receber a prova de Filosofia e percebeu que errou algumas questões. Ao invés de jogar a prova fora ou esquecê-la dentro de uma gaveta procure identificar o motivo do seu erro.

    Não se trata apenas de refazer a questão errada, é muito mais do que isso. Você precisa entender porque errou. Se você entende o motivo do seu erro torna-se capaz de monitorá-lo, corrigi-lo e evitar que ele ocorra no futuro novamente.

    Se você identifica que errou a questão da suposta prova de Filosofia porque não sabia a diferença entre o conceito de Contrato Social na teoria de Thomas Hobbes e o de Jacques Rousseau então fará a releitura dos dois autores procurando os motivos da divergência entre seus argumentos centrais.

    Ao fazer isso muito dificilmente você vai errar uma questão semelhante no futuro. É assim que os algoritmos funcionam. Eles identificam os erros e os corrigem o mais rápido possível. Aquele erro cometido anteriormente não volta a se repetir.

    Se você trabalhar para desenvolver a sua metacognição estará criando condições para se transformar em uma verdadeira máquina de aprendizagem. Metacognição

  11. APRENDA A ANALISAR GRÁFICOS, TABELAS E IMAGENS

    Comemore toda vez que encontrar um gráfico, uma tabela ou uma imagem em suas provas.

    Saiba que lá existem informações e você precisa identificá-las e analisá-las para resolver uma determinada questão.

    Um aviso importante. Imagem é texto, tabela é texto, gráfico é texto. Você precisa aprender a ler as informações que estão lá.

    Depois a informação precisa sofrer um processo de tratamento, ou seja, precisa ser interpretada para auxiliar você a tomar uma decisão.

    Informações visuais estão por toda parte. Aprenda a utilizá-las a seu favor. Tabelas e Gráficos

  12. ESTUDE EM UM AMBIENTE ADEQUADO

    Pela força da necessidade eu aprendi a ler e produzir textos em meio ao caos. Mas isso não é nada aconselhável, pois perde-se muito tempo com interrupções que acontecem a todo momento. E, consequentemente, perde-se a profundidade do raciocínio, que precisa ser retomado do início quase como um loop infinito.

    Procure um ambiente adequado para desenvolver os seus estudos. Um local iluminado, silencioso, arejado, com uma mesa e uma cadeira são coisas básicas.

    Se na sua casa não houver um lugar assim procure uma biblioteca pública. Ou então procure realizar seus estudos no momento mais tranquilo.

    Na minha casa somos 5 pessoas. Minha esposa e nossos três filhos. O meu momento mais produtivo é quando eles vão dormir. Nesse momento em realizo coisas em 1 hora de relógio que geralmente nunca realizo quando a casa esta barulhenta.

    Nas escolas públicas em que trabalho as bibliotecas são extremamente barulhentas e muitas pessoas (incluindo os funcionários) não respeitam ou fingem não compreender as características deste espaço.

    Portanto, procure um local em que você possa focar seus estudos sem sofrer distrações ou interrupções.

    Se você for interrompido a todo o momento seu estudo vai perder qualidade e profundidade.

    Além disso, você vai perder tempo e vai aprender muito menos do que poderia. Local tranquilo para estudar

  13. TENHA DISCIPLINA E PACIÊNCIA

    Disciplina significa ser capaz de entregar resultados rotineiramente, um dia após o outro, mesmo em meio às dificuldades e tentações que surgem a todo momento.

    Pense por exemplo em uma pessoa que está tentado realizar uma dieta para perder peso.

    Realizar atividades físicas e comer alimentos saudáveis todo santo dia é um desafio extremamente difícil pois exige planejamento e foco na execução da ação.

    Ideia boa é ideia executada. Muitas pessoas têm ideias brilhantes, mas são incapazes de executá-las. O mundo pertence àqueles que possuem capacidade de execução.

    É preciso muita disciplina para entregar esses resultados diariamente. É por isso que muitas pessoas desistem na primeira dificuldade.

    Organize um quadro semanal com os horários para estudar todas as disciplinas. Você deve dedicar um tempo maior para aquelas disciplinas em que você tem mais dificuldade.

    É na solidão de seu ambiente de estudos que ocorre a fase mais produtiva de sua aprendizagem. Procure desenvolver um hábito de estudo, ou seja, estude todos os dias durante a semana.

    O número de horas varia muito de acordo com a necessidade do aluno. Um estudante que pretende ingressar em cursos de universidades concorridas chega a estudar até 16 horas por dia.

    Para os outros casos de 2 a 6 horas de estudo produtivo por dia costumam estar de bom tamanho.

    Você pode até estudar pouco, mas estude sempre, com qualidade e intensidade como se não houvesse amanhã. E, sobretudo, organize sua vida escolar, prepare-se com antecedência para as provas e trabalhos.

    Se você deixar para a última hora vai perceber que existem provas e trabalhos que vão acontecer no curto intervalo de 2 semanas e com certeza você vai entrar em desespero e acumular notas abaixo da média.

    Tenha paciência. O estudante precisa entender que o amadurecimento do seu raciocínio precisa de tempo para acontecer. Determinadas matérias que você não compreendeu no Ensino Fundamental serão entendidas com facilidade no Ensino Médio.

    Cada indivíduo tem o seu próprio tempo, o seu próprio ritmo, não fique comparando o seu rendimento com o de seus colegas. O desafio é com você mesmo. Faça o seu melhor sempre e exija de si próprio o amadurecimento de suas práticas de estudo.

    Cobre resultados altos de você mesmo, não se contente com a média, com o mediano, com o medíocre.

    Você gostaria contrataria um profissional medíocre no momento de resolver uma situação crítica em sua vida?

    Se a resposta for não, pense nisso toda vez que estiver procrastinando as suas tarefas de estudo.Disciplina Um pouco todo dia

  14. VALORIZE OS FRACASSOS

    Fracassar é normal e faz parte da vida.

    Os meios de comunicação de massa apresentam o tempo todo a vida das pessoas de sucesso, as celebridades.

    A vida não é feita somente de momentos de sucesso. Na maioria das vezes o sucesso é construído a duras penas e sucessivos fracassos.

    Não se desespere com uma nota baixa e nem com uma reprovação no vestibular. Analise o motivo de seu resultado indesejado e reconstrua os seus procedimentos.

    Se você fizer a mesma coisa vai obter o mesmo resultado. Tenha humildade depois da queda, mantenha a cabeça erguida e adote ações efetivas e inteligentes para melhorar os seus resultados.

    O fracasso faz você entrar em crise. A crise provoca mudanças criativas para solucionar situações problemáticas.

    Não tenha medo de fracassar. Fracassos e aprendizagem

  15. DESCONECTE-SE E FAÇA UMA ÚNICA COISA DE CADA VEZ

    Vivemos em um mundo hiper conectado e com abundância de conteúdo. Entretanto, o efeito colateral é a escassez de atenção. Muitas pessoas erram e erram feio simplesmente porque lhes faltou atenção.

    Estudar exige concentração. A atual geração de estudantes é multitarefa, faz várias coisas ao mesmo tempo.

    Eles vivem em uma situação de atenção parcial contínua. Ouvem música, interagem com diversas redes sociais e centenas de amigos, enviam e recebem mensagens pelo celular, fazem downloads de vídeos, tudo ao mesmo tempo.

    O resultado de tudo isso é uma baixa produtividade nas várias tarefas realizadas por eles. Não dá para estudar assim, com tantas interrupções.

    A compreensão daquilo que se estuda exige imersão, silêncio e continuidade. Se você for interrompido durante a leitura ou produção de um texto levará um longo tempo até recuperar o raciocínio que estava acontecendo até o momento da interrupção.

    Então, quando for estudar desconecte-se durante algumas horas. Avise seus familiares e amigos, coloque o celular no silencioso e longe de sua visão, evite conferir a todo o momento sua caixa de e-mail, esqueça o Facebook, Youtube e o WhatsApp por poucas horas e concentre toda a sua atenção dos estudos.

    Selecione o período de tempo só seu e estude como se não houvesse amanhã.

    Estude com ritmo, qualidade e produtividade. Depois de 1 ou 2 horas você pode se conectar novamente.

    Seus estudos vão agradecer muito.Desconecte-se e estude com profundidade

Conclusão: A Metáfora do “Efeito Dominó”

Muitas vezes passamos a vida buscando uma grande realização. Quase sempre ela nuca vem da maneira desejada.

Eu gosto muito da metáfora do “Efeito Dominó”, pois é mais próxima da realidade e permite alcançar grandes resultados da mesma forma, desde que que haja disciplina e planejamento inteligente ao longo de todo processo.

Você começa com pequenas metas, pequenas realizações. Depois elas vão ganhando corpo, grandeza e intensidade. Uma pequena realização todos os dias. Um dia depois do outro, em uma escala crescente, até que chega um dia que você conquista um grande feito, antes considerado impossível, improvável.

O vídeo abaixo representa com maestria a mensagem que tento lhe comunicar nesse momento. Assista, inspire-se e compartilhe esta mensagem.

e-book como estudar História

Mapas Mentais